IncentiveLivros.com.br

LIVROS DISPONÍVES

Retornar Página Inicial

MANUAL DE DIREITO DO TRABALHO DESPORTIVO


Dados Técnicos:
MANUAL DE DIREITO DO TRABALHO DESPORTIVO
1ª Edição, 2016 | Editora: LTr
Autor: Maurício de Figueiredo Corrêa da Veiga
211 páginas | Formato: 21x28cm.
ISBN: 978-85-361-8840-9


R$ 85,00

(em até 3x sem juros pelo PagSeguro)
Frete Grátis | Entrega Imediata!

MANUAL DE DIREITO DO TRABALHO DESPORTIVO
1ª Edição, 2016 | Editora: LTr
Autor: Maurício de Figueiredo Corrêa da Veiga
211 páginas | Formato: 21x28cm.
ISBN: 978-85-361-8840-9

Prefácio

Constitui verdadeiro truísmo afirmar a importância social, econômica, recreativa e jurídica do futebol profissional no Brasil. Dentre as diversas modalidades esportivas, decerto o futebol profissional concentra praticamente toda a atenção da população brasileira. É a grande paixão nacional. Foi e sempre será um símbolo primordial de nossa identidade cultural.

 

Lembro-me de que o saudoso professor José Martins Catharino, em obra clássica, descreveu-o até como arte popular:

 

“O futebol brasileiro, admirável reflexo do que somos como povo, é criador, artístico, teatral e coreográfico. Produzido coletivamente, mas à base do talento individual, que chega com alguns às raias da genialidade, à criação de jogadas verdadeiras obras-primas (Domingos, Romeu, Leônidas, Heleno, Ademir, Nilton Santos, Garrincha, Pelé e outros foram ou são mais que artesões
do futebol.”(1)

 

É curioso e até irônico, no entanto, constatar quão desproporcional está a literatura jurídica sobre direito desportivo em cotejo com a notável relevância que algumas práticas assumiram em nossa sociedade, a exemplo do futebol profissional. Desafortunadamente, apresenta-se diminuta e ainda incipiente, em termos relativos, a literatura sobre direito desportivo, não obstante existam algumas obras clássicas e pioneiras.

 

A presente publicação, portanto, antes de tudo, merece ser celebrada, por justos motivos, como um esforço admirável para desbravar uma temática pouco ou insuficientemente explorada na doutrina brasileira.

 

Ao receber o honroso convite para este prefácio, naturalmente dispus-me a examinar o trabalho de forma detida.

 

Confesso que foi com emoção e imensa satisfação que percorri e li, página por página, o conteúdo da obra. O esforço não foi vão. Ao contrário. Da leitura do livro, ficou-me a firme convicção de cuidar-se de uma obra de singular qualidade.

 

A simples leitura do sumário já sinaliza a sua importância teórica e prática, tantos e tão diversificados são os enfoques sobre o atualíssimo tema.

 

Trata-se, sem dúvida, de obra abrangente e ambiciosa. À luz da sucessiva legislação federal de regência, o livro aborda a vastíssima gama de temas do Direito Desportivo, com o foco centrado na atuação e vinculação jurídica do atleta profissional de futebol.

 

A atuação do atleta profissional de futebol, como se sabe, suscita uma vasta e multifária problemática no âmbito do Direito do Trabalho, precisamente por se cuidar de um contrato especial de emprego.

 

O ilustre autor, contudo, propondo-se a analisá-la em suas distintas e complexas facetas, atravessa-lhe os umbrais com proficiência e galhardia.

 

Além de consistente, a obra é vazada em linguagem clara e objetiva. Permeada por proveitosas referências jurisprudenciais e pelo confronto, aqui e acolá, com o direito comparado, encanta igualmente pela didática da exposição.

 

Apesar de cuidar-se de obra técnica, propicia leitura extremamente agradável, inclusive porque ilustrada pela narrativa de vários litígios envolvendo atletas profissionais de futebol, cujo conhecimento, de resto, revela-se sobremodo útil.

 

O trabalho é fruto da larga experiência do Dr. Maurício Correa da Veiga, haurida em alguns lustros de exercício da advocacia trabalhista, em particular da intensa militância no Tribunal Superior do Trabalho.

 

Ademais, não se pode olvidar também que o autor provém de estirpe das mais ilustres: é filho do eminente jurista e preclaro Ministro Aloysio Correa da Veiga, o que, por si só, basta para credenciar a publicação.

 

Nesta perspectiva, é com enorme júbilo e desvanecimento que apresento à comunidade jurídica esta auspiciosa e animadora obra, seguro de que, a par de preencher um grande vácuo, será extremamente proveitoso lê-la e consultá-la.

 

Brasília, 1º de maio de 2016.

 

Ministro Joao Oreste Dalazen

Decano do Tribunal Superior do Trabalho.

MANUAL DE DIREITO DO TRABALHO DESPORTIVO
1ª Edição, 2016 | Editora: LTr
Autor: Maurício de Figueiredo Corrêa da Veiga
211 páginas | Formato: 21x28cm.
ISBN: 978-85-361-8840-9

MAURICIO DE FIGUEIREDO CORRÊA DA VEIGA
Advogado formado pela Universidade Católica de Petrópolis; Pós-Graduado em Direito e Processo do Trabalho (UCAM-RJ) e Especialista em Direito Empresarial do Trabalho (FGV-RJ); Membro fundador da Academia Nacional de Direito Desportivo (ANDD); Membro do IAB; Auditor do Tribunal Pleno do STJD da CBTE; Procurador-Geral do STJD da CBTARCO; Presidente da Comissão de Direito Desportivo da OAB-DF e Sócio fundador do escritório Corrêa da Veiga advogados.

MANUAL DE DIREITO DO TRABALHO DESPORTIVO
1ª Edição, 2016 | Editora: LTr
Autor: Maurício de Figueiredo Corrêa da Veiga
211 páginas | Formato: 21x28cm.
ISBN: 978-85-361-8840-9

Sumário

 

Prefácio — João Oreste Dalazen

 

Introdução

 

1. Aspectos Gerais e Princípios do Direito Desportivo
1.1. Princípios do Direito Desportivo
1.2. Princípio da Autonomia Desportiva
1.3. Autonomia das Entidades Desportivas
1.4. O Esporte, o Estado e a Sociedade

 

2. Legislação Desportiva

 

2.1. Legislação Desportiva no Brasil
2.1.1. Primeiro período (1932 — 1945)
2.1.2. Segundo período (1946 — 1988)
2.1.3. Terceiro período (a partir de 1988)

 

3. Do Contrato de Trabalho

 

3.1. Contrato de Trabalho
3.2. Contrato Especial de Trabalho Desportivo (CETD)
3.3. Sujeitos do Contrato de Trabalho
3.4. Vínculo de Emprego e Vínculo Desportivo
3.5. Renovação do Contrato de Trabalho
3.5.1. Renovação Automática
3.5.2. Renovação Unilateral “Contrato de Gaveta”
3.6. Atividade do Menor
3.7. Suspensão do Contrato de Trabalho
3.8. Cessão Temporária dos Atletas Profissionais
3.9. Aspectos Disciplinares (poder disciplinar do empregador)
3.10. Seguro do Atleta Profissional
3.11. Cláusula indenizatória desportiva
3.12. Cláusula compensatória desportiva
3.13. Contrato de Trabalho do Atleta no Direito Comparado
3.13.1. Portugal
3.13.2. Espanha
3.13.3. Argentina
3.13.4. Outros Países

 

4. Da Extinção do Contrato de Trabalho

 

4.1. Rescisão Contratual
4.2. Rescisão Indireta do Contrato de Trabalho
4.3. Justa Causa

 

5. Conflitos Individuais e Coletivos Decorrentes do Contrato de Trabalho do Atleta Profissional

 

5.1. Acesso à Justiça
5.2. Competência da Justiça do Trabalho
5.3. Arbitragem
5.4. Mediação

 

6. Princípios de Direito do Trabalho com Aplicação Restrita no Direito Desportivo

 

6.1. Considerações iniciais
6.2. Direito ao Trabalho como Direito Fundamental
6.3. Princípio da Continuidade da relação de emprego
6.4. Princípio isonômico
6.5. Limitação da Jornada Laboral
6.6. Princípio da Liberdade
6.6.1. O Caso Leandro Amaral versus Vasco da Gama
6.6.2. O Caso Oscar versus Internacional e São Paulo
6.6.3. O Caso Santos versus Leandro Damião
6.7. Teoria do Adimplemento Substancial do Contrato
6.8. Princípio da Unicidade Contratual
6.8.1. Precedentes do Tribunal Superior do Trabalho
6.8.1.1. O Caso Maurinho versus Cruzeiro
6.8.2. Hipóteses em que a Justiça do Trabalho afasta a unicidade contratual
6.8.3. Autonomia dos Contratos de Trabalho

 

7. Responsabilidade dos Dirigentes das Entidades de Prática Desportiva e de Administração do Desporto

 

7.1. Introdução
7.2. Pessoas Jurídicas de Direito Privado
7.3. Desconsideração da Personalidade Jurídica
7.4. A Desconsideração da Personalidade Jurídica e o Novo CPC (Lei n. 13.105/2015)
7.5. Sistema Brasileiro do Desporto
7.6. Responsabilidade do Dirigente Desportivo à luz da Lei Pelé
7.7. Responsabilidade do Dirigente Desportivo à luz da Lei n. 13.155/2015
7.8. Responsabilidade Criminal do Dirigente Desportivo
7.9. Conclusões

 

8. Direitos Trabalhistas do Atleta Profissional

 

8.1. Jornada de Trabalho
8.2. Viagens
8.3. Adicional Noturno
8.4. Períodos de Concentração
8.5. Repouso Semanal Remunerado
8.6. Férias
8.6.1. Antecedentes históricos
8.6.2. Férias do Atleta Profissional
8.7. Décimo terceiro salário
8.8. FGTS
8.9. Salário e Remuneração
8.10. Luvas
8.11. Bicho

 

9. Direito de Imagem

 

9.1. Conceito do Direito de Imagem
9.2. Origem e Antecedentes Históricos
9.3. Previsão Legal
9.4. Jurisprudência
9.5. Direito Comparado
9.6. A Questão da Competência em Razão da Matéria
9.7. Ocorrência de Fraudes. Aspectos práticos
9.8. O Caso Alexandre Pato versus Corinthians e São Paulo
9.9. Limitação do valor do contrato de cessão do uso da imagem do atleta introduzido pela Lei n. 13.155/2015

 

10. Direito de Arena

 

10.1. Conceito de Direito de Arena
10.2. Questões polêmicas anteriores à alteração legislativa
10.3. Alterações introduzidas pela Lei n. 12.395/2011
10.4. A Verdadeira História do Acordo Judicial que fixou em 5% o Percentual do Direito de Arena (Princípio da Autonomia Coletiva da Vontade)
10.5. Jogadores que estão no Banco de Reservas
10.6. O Direito de Arena e o Árbitro de Futebol

 

11. Meio Ambiente do Trabalho

 

11.1. Necessidade de se proteger o atleta
11.2. Hipóteses de lesões mais frequentes
11.2.1. Lesão dos tendões
11.2.2. Lesões ósseas
11.2.3. Lesões musculares
11.2.4. Concussão e Encefalopatia Traumática Crônica (ETC)
11.3. Outros tipos de patologias que podem ser desenvolvidas pelo atleta
11.3.1. Depressão
11.3.2. Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA)

 

12. Negociação Coletiva

 

12.1. Negociação coletiva como forma de solução de conflitos de natureza desportivo-trabalhista
12.2. Parcelas que podem ser objeto de negociação coletiva
12.3. Negociação coletiva em matéria trabalhista desportiva
12.4. A visão do STF sobre os limites da autonomia negocial coletiva

 

13. Legislação Previdenciária Aplicável

 

13.1. Atleta profissional é segurado obrigatório da Previdência Social?
13.2. Acidente de trabalho
13.3. Previsão de Criação de um Sistema Especial de Previdência do Atleta Profissional
13.4. Jurisprudência trabalhista

 

14. Responsabilidade Civil do Clube Empregador
14.1. Diferença entre responsabilidade objetiva e responsabilidade subjetiva
14.2. A atividade do atleta profissional pode ser considerada como sendo de risco?

14.3. Teoria da assunção do risco


OPÇÃO 01 - UTILIZE O SISTEMA PAGSEGURO:

Permite o pagamento por meio de CARTÕES DE CRÉDITO e CARTÕES DE DÉBITO, ou emissão de BOLETO BANCÁRIO, através do sistema de pagamento eletrônico administrado pela PAGSEGURO, empresa do Grupo Folha/UOL. Simples, rápido e sem burocracia, o pagamento somente é liberado ao vendedor após o recebimento da mercadoria pelo cliente.

Clique no botão COMPRAR, logo acima, para adquirir o livro através do PAGSEGURO:

 

 

PagSeguro

 

ATENÇÃO:
(a) Parcelamento em 3x sem juros para compra através de Cartões de Crédito.
*Para mais parcelas consulte taxa cobrada pelas administradoras.

(b) Pagamento por BOLETO BANCÁRIO tem a cobrança adicional de R$ 1,00 (um real), pelo PagSeguro.

OPÇÃO 02 - PAGAMENTO ATRAVÉS DE DEPÓSITO BANCÁRIO

Para pagamento à vista (sem utilização de meios de comércio eletrônico / pagamento on line) faça um depósito bancário em favor de:

Incentive Projetos, Consultoria & Treinamento Ltda.
CNPJ nº 09.553.576/0001-50

Itaú
Banco ITAÚ
Agência nº 4877
Conta: 09209-0

Obs. Após o pagamento envie:

1) Cópia do recibo de depósito;
2) Nome e endereço completo (com CEP) para emissão da nota fiscal + remessa via Correios;
3) Seu telefone e/ou e-mail para contato.

Para: Fax (15) 3222.4041, ou e-mail: pagamento@incentiveprojetos.com.br

OPÇÃO 03 - PAGAMENTO VIA PAYPAL



PayPal
Para pagamento via PayPal envie um email para contato@incentiveprojetos.com.br relacionando os livros que deseja adquirir. Em seguida retornaremos uma solicitação de pagamento através do PayPal.

 

FORMA DE ENVIO E PRAZO DE ENTREGA:

O livro será enviado pelos CORREIOS, sem custo para cliente (remessa grátis). Após a postagem será informado, por e-mail, o nº de protocolo para rastreamento da entrega através do site www.correios.com.br.

Prazo estimado de entrega pelos Correios: entre 03 a 10 dias úteis (dependendo da região).

Correios
Remessas por SEDEX:
Clientes que desejarem receber o livro por SEDEX devem enviar e-mail para contato@incentivelivros.com.br para cálculo do adicional de frete (pago pelo cliente). Para tanto, informe endereço de destino (com CEP).

ATENÇÃO: A compra com remessa por SEDEX somente poderá ser realizada através de depósito bancário.

NOTA FISCAL:

Será emitida NOTA FISCAL para todas as vendas efetuadas, conforme os dados informados
pelo cliente (Nome, CNPJ/CPF e endereço), seguindo junto com a mercadoria.

DÚVIDAS E OUTRAS INFORMAÇÕES:

Para eventuais dúvidas ou outras informações, enviar e-mail para:
contato@incentivelivros.com.br.

IncentiveLivros.com.br

Informações:
Incentive Livros.
CNPJ nº 09.553.576/0001-50
R. Sete de Setembro, 287 - 15º andar | Conj. 156
(Ed. A. Cardoso) - Centro - Sorocaba/SP - CEP: 18035-001
Tel/Fax: (15) 3222.4041
Quem somos! Clique e confira.

Fale Conosco:
contato@incentivelivros.com.br

Menu Rápido:
Home | Quem Somos | Fale Conosco
Livros:
Autonomia das Associações Desportivas e o Clube Empresa
Direito do Trabalho Desportivo - Atualizado com a Nova Lei Pelé
Manual Completo da Lei de Incentivo ao Esporte
Revista Brasileira de Direito Desportivo – RBDD nº 19
Sistemas de Disputa para Competições Esportivas: Campeonatos & Torneios
Estatuto do Torcedor Comentado
Curso de Direito Desportivo Sistêmico Vol.II
Agente FIFA e o Direito Civil Brasileiro
O Direito Desportivo e a Imagem do Atleta
Direito Desportivo / Tributo a Marcílio Krieger
Direito Desportivo Trabalhista
Tributação no Futebol: Clubes e Atletas
CBJD Anotado e Legislação Antidoping
Leis Antidoping - Comentários, Convenção da UNESCO, Código Mundial, Lista Proibida
Direito Penal Desportivo
Lei Geral da Copa
A Evolução do Futebol e das Normas que o Regulamentam: Aspectos Trabalhistas-Desportivos

Direito Aplicado à Gestão do Esporte
Direito Processual Desportivo
Comentários ao Novo Código de Disciplinas da CONMEBOL
Direito do Trabalho e Desporto
Direito do Trabalho e Desporto - VOL. II
Marketing de Emboscada (Ambush Marketing)
Árbitros de Futebol: Aspectivos Jurídicos - Visão Brasileira e do Mercosul
Direito Desportivo
A Evolução do Futebol e das Normas que o Regulamentam
Futebol, Mercado e Estado
Tratado de Direito Desportivo
Manual de Direito do Trabalho Desportivo
Transferências e Registros de Atletas Profissionais no Futebol
Acidentes de Trabalho no Esporte Profissional
Direito do Trabalho e Desporto - Vol. III
O Contrato de Trabalho do Atleta Profissional de Futebol
Sociedade Anônima do Futebol
A Tributação da Imagem de Aritstas e Esportistas
Pague com: PAG SEGURO
TAGS: Legislação desportiva; leis do esporte, Direito Desportivo, Copa do Mundo de Futebol FIFA 2014, Jogos Olímpicos, Olimpíadas Rio 2016, COB, COI, Comitê Olímpico Brasileiro, José Ricardo Rezende, pós-graduação direito desportivo, marketing esportivo, organização esportiva, gestão do esporte, educação física, introdução ao direito desportivo, atleta amador x profissional, profissionalismo no esporte, direito ao desporto, atleta profissional e não-profissional, torcidas organizadas, práticas desportivas formais e não formais, esporte lúdico, esporte de rendimento, esporte de participação, espírito esportivo e jogo limpo, fair play, violência no esporte, segurança nos estádios, entidades desportivas, calendário esportivo nacional, desporto educacional, manifestações desportivas, proteção e defesa do torcedor, hooligan, violência no futebol, desporto na legislação brasileira, lei 12.299/10, medidas de prevenção e repressão aos fenômenos de violência por ocasião de competições esportivas.
Desenvolvimento de Sites Qube Design